“Não é o local que causa acidente, é a condução”, diz Paulo Lima sobre Av. Sete de Setembro

0
99
Inspetor chefe da PRF garantiu que o número de acidentes na avenida não aumentou depois da reforma. Foto: Milena Pacheco

No programa Nossa Voz desta terça-feira (22), o inspetor chefe da Polícia Rodoviária Federal, Paulo Lima, concedeu entrevista para falar sobre o balanço da Lei Seca em Petrolina, divulgado na semana passada. De acordo com o Inspetor Chefe, ao todo foram quase 16.250 testes de alcoolemia realizados, 567 condutores autuados e 47 presos no município.

Entre os assuntos destacados durante a entrevista, Paulo Lima comentou sobre os acidentes registrados na Avenida Sete de Setembro que, segundo relatos de ouvintes do Nossa Voz, teriam aumentado depois das obras feitas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 

O inspetor chefe da PRF garantiu que, na verdade, houve uma redução dos números de acidentes e não aumento. “Na análise da Polícia Rodoviara, o número hoje é inferior. E a maioria dos acidentes ocorrem por culpa exclusiva do condutor. Não é o local que causa acidente, é a condução”, enfatizou Paulo Lima.

O inspetor chefe garantiu ainda que 90% dos acidentes registrados na Avenida Sete de Setembro foram causados pela condução inadequada. Mas reconheceu que falta, por exemplo, espaço para os ciclistas transitarem no local. “Com a ampliação, os ciclistas ficaram sem local de conduzir. Antigamente eles usavam o acostamento. Hoje com as quatro vias, você não tem. Tem que ser feita uma reparação por parte da área de engenharia”, sugeriu Paulo Lima.