Diretor médico contesta doação de equipamentos do Hospital de Campanha do Estado: “Só recebemos macas, biombos e focos hospitalares”

Em entrevista ao Nossa Voz desta quarta-feira (7), o diretor médico da Secretaria de Saúde de Petrolina, Diego Dourado, fez um balanço sobre os números do Hospital de Campanha de Monte Carmelo que foi aberto no ano passado pela Prefeitura de Petrolina e destacou uma informação importante: os equipamentos que o Governo de Pernambuco alegou que iriam ser cedidos para a prefeitura do município com o objetivo de reforçar a assistência aos pacientes com a Covid-19, não foram entregues.

“Quando a gente soube, pelas mídias, que os equipamentos estavam sendo retirados e iam ser levados para outra localidade, fizemos uma intervenção, enviamos um e-mail solicitando itens que auxiliaram no aumento da complexidade do Monte Carmelo, onde poderíamos atender pacientes mais graves. Os únicos materiais que recebemos foram macas, biombos, mesa e foco hospitalar. Infelizmente, com isso, não fazemos um hospital. Não recebemos monitores cardíacos, bombas de infusão, incentivadores respiratórios e eletrocardiógrafos, como foi alegado pelo Governo de Pernambuco e que ajudariam muito,afinal estamos num momento bem delicado e poderíamos aumentar a complexidade dos atendimentos no nosso Hospital de Campanha, explicou Diego.

O programa e Blog Nossa Voz estão abertos para os esclarecimentos do Governo do Estado.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: