Petrolina terá abastecimento por gás natural a partir de julho

O prefeito Miguel Coelho se reuniu, nesta terça (27), com o presidente da Copergás, André Campos, para discutir o processo de implantação do sistema de abastecimento por gás natural em Petrolina. As obras da primeira etapa do projeto estão avançadas e a expectativa é de que até julho o serviço comece a funcionar de forma experimental em três indústrias e para abastecer veículos no município sertanejo.

Toda a iniciativa tem investimento de R$ 10 milhões. Os recursos estão sendo empregados para implantação, na primeira etapa, de uma rede local de gasodutos com 6,2 km. Na segunda fase, será construído um sistema de dutos com 20 de extensão, interligando áreas como o Centro e a Orla. Após a implantação desse segundo gasoduto, previsto para concluir no segundo semestre, o abastecimento por gás natural será liberado para clientes residenciais, comerciais e novas indústrias da cidade.

A obra faz parte de uma estratégia da Copergás para interiorizar o serviço por gás natural. Petrolina será a primeira cidade do interior do Nordeste a ter abastecimento nessa modelagem, com uma rede local. “É uma boa notícia para nossa cidade. O presidente da Copergás nos informou que o valor cobrado pelo gás natural será similar ao do Recife, o que garantirá uma oferta mais barata e competitividade no mercado”, explicou o prefeito depois do encontro.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: