Tradicional Marujada de Curaçá será lançada neste sábado em festival online

A tradicional ‘Marujada de Curaçá’, festa folclórica em alusão à ‘São Benedito, o Negro’, um dos maiores símbolos religiosos de identidade dos escravos, é tema do mini documentário ‘A Terra do Santo Preto’, do curaçaense Pedro Lucas Ferreira. A produção audiovisual vai ser lançada neste sábado (24), durante a programação do Festival Universitário Baiano de Arte e Cultura (FUBA).

No município do norte baiano, que por ser abrigo de povos escravizados guarda como herança o que de mais forte aquele povo lhes deixou, a fé, a festa secular acontece nos últimos dias de dezembro. Manifestações populares somam-se em honra a São Benedito. O filme aborda sobre a forte devoção ao santo preto.

“No que hoje se tornou a mais forte tradição de um povo, ecoa o grito de liberdade, seja na cantoria, na dança, no som do tambor, no modo de viver ou na expressão das crenças. Em ‘A Terra do Santo Preto’, trazemos a essência desse espetáculo que enche os olhos da alma pela beleza e pela fé nele contidas”, destaca Pedro Lucas Ferreira, diretor da obra e secretário geral da União da Juventude Socialista (UJS) de Curaçá.

A produção, roteirizada por Juscelita Ferreira de Araújo, editada por Ronie Von, com imagens de Maria Silvia, Leticia Torres e Pedro Lucas Ferreira, é resultado de um trabalho do movimento estudantil curaçaense. “A nossa pretensão é realmente apresentar a força cultural que a cidade tem e principalmente a representatividade em ter um santo negro como referência numa festa regada de simbolismos e que acontece há mais de duzentos anos”, acrescenta.

O lançamento acontece às 18 horas, durante a programação do FUBÁ, que este ano homenageia Jorge Portugal, escritor, compositor, apresentador e historiador baiano que morreu em 2020 por conta da covid-19. O festival é uma pré-Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE) no estado da Bahia e acontece, de forma virtual com transmissão pelo Instagram da União dos Estudantes da Bahia (UEB) (@ueboficial) e também no YouTube (https://youtube.com/user/tvueb), entre os dias 24 e 25 de abril.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: