Comissão da Câmara vai à Brumadinho verificar ameaça ao São Francisco

0
32
Agência Nacional de Águas não descartou a possibilidade de os rejeitos chegarem ao São Francisco. (fotos: Rodney Costa/picture alliance/Getty Images e
Cleferson Comarela)

A tragédia de Brumadinho-MG ainda reflete nas águas do rio Paraopeba e ameaçada a qualidade da água do Rio São Francisco. Por isso, a Câmara de Vereadores de Petrolina-PE formou uma Comissão Especial para ver de perto se há mesmo possibilidade de poluição das águas do velho Chico.

A Comissão, que foi designada pela presidente Osório Siqueira, conta com os vereadores Ronaldo Souza (PTB)e Cristina Costa (PT). A viagem para a cidade mineira está marcada para hoje (18).

O rompimento da barragem I da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, já deixou 203 pessoas mortas e 105 desaparecidas em janeiro deste ano. No início do mês passado a Agência Nacional de Águas (ANA) divulgou nota informativa afirmando que não descartava a possibilidade de os rejeitos da barragem chegarem ao rio São Francisco e que a ocorrência de chuvas na região poderia alterar o quadro.