Polícia Civil conclui investigações sobre morte do vereador Beto Souza de Floresta

0
140
Várias armas, munições, coletes a prova de balas, documentos, relógios e equipamentos eletrônicos foram apreendidos na Operação. (foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta sexta feira (04) a Operação Tempestade em Floresta. As investigações começaram em março deste ano para investigar o duplo homicídio do vereador do município, Beto Souza e do segurança dele, Vanderlânio Clésio Vieira da Silva.

O vereador Beto Souza foi assassinado em março deste ano. (foto: reprodução)

Hoje a polícia está cumprindo oito mandados de busca e apreensão domiciliar. Já foram presos João Gonçalves de Lima e Lucas da Silva Melo em Alagoas, Willian Pereira da Silva em Caruaru e Adriana Carla de Souza Silva em Floresta. Estão foragidos Jurandir José de Moura e Reginaldo Leite Masques de Sá, ambos de Jaboatão dos Guararapes.

Na execução foram empregados 40 Policiais Civis entre delegado, agentes e escrivães.