Juazeiro prorroga suspensão do comércio e serviços não essenciais até 30 de maio

0
60
Centro do comércio de Juazeiro-BA. (Foto: Reprodução)

Em decreto desta sexta-feira (08), o prefeito Paulo Bomfim prorrogou o fechamento do comércio e de outros serviços não essenciais até o dia 30 de maio, como também determina a proibição de cultos, missas e celebrações religiosas presenciais, atividades festivas e esportivas pelo mesmo período.

“Esse é um momento difícil para todos os segmentos da sociedade. Temos um problema grave e urgente para enfrentar que é esse inimigo invisível, perigoso e que tem trazido muitas perdas para nosso país, o novo coronavírus. E é para proteger a população e salvar vidas que se faz necessário ampliar o prazo das medidas restritivas. Acreditamos que com a ajuda de todos e cada um fazendo a sua parte, logo iremos vencer essa batalha e retornaremos às nossas atividades normais”, explicou o prefeito Paulo Bomfim.

Já os alunos das escolas municipais e privadas ficam com as aulas presenciais suspensas até o dia 30 de junho. O novo decreto estabelece ainda que, a partir do dia 12 de maio de 2020, a Rede Municipal de Ensino irá ampliar a oferta de aulas online do projeto Juazeiro Cidade Educadora: Aula em Rede.

“Nosso objetivo é alcançar o maior número de estudantes, envolvendo todos os professores, gestores e coordenadores pedagógicos em atividades de Educação à Distância/EAD, conforme portaria que iremos regulamentar da Seduc. E não fica nisso, também vamos desenvolver estratégias alternativas para inclusão de alunos que não tenham acesso à internet”, destacou a secretária de Educação Lucinete Alves.

O decreto será publicado no Diário Oficial do Município ainda nesta sexta-feira, dia 08.