Aeroporto de Araripina será requalificado para receber voos comerciais

Aeroporto de Araripina. (Foto: Seinfra/Divulgação)

Importante região econômica de Pernambuco, onde está localizado o Polo Gesseiro, o Sertão do Araripe vai ganhar reforço na infraestrutura modal. Nesta quinta-feira (08), o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Infraestrutura, lançou o edital para selecionar a empresa que irá realizar as obras de requalificação do Aeroporto de Araripina.

Com investimento previsto em R$ 2,9 milhões, a pretensão é que o equipamento se torne um terminal para voos comerciais. Essa é a primeira de duas etapas de obras no aeroporto. A segunda será um novo terminal de passageiros, com investimento previsto de R$ 2 milhões. Além disso, também está em fase final de licitação a requalificação da via PE-576, que é caminho fundamental para a região, com investimento de R$ 40 milhões. O governo pretende dar força ao desenvolvimento da área com recursos próprios que somam R$ 45 milhões.

Atualmente, o Aeroporto de Araripina só contempla uma movimentação tímida para voos particulares. Nesta primeira fase de intervenção, as obras vão abranger a requalificação da pista, a sinalização horizontal da área de movimentação das aeronaves, a implantação de cerca e placa de segurança, e a construção da faixa circular do indicador de direção do vento do aeródromo. Há 24 anos o aeroporto não recebe intervenção em sua infraestrutura.

“Hoje (ontem) foi lançado o edital para contratar a empresa que vai executar as obras. A previsão é de que as obras comecem ainda neste primeiro semestre. Queremos investir na qualificação do aeroporto para permitir buscar a aviação regional em uma região importantíssima que gera desenvolvimento”, comentou a secretária de Infraestrutura, Fernandha Batista. O recebimento das propostas do edital será no dia 3 de maio, às 10h, na sede da secretaria.

Ainda este ano, o governo também pretende lançar o edital para as obras do novo terminal de passageiros. “Ainda não temos uma data para que todas as obras do aeroporto sejam concluídas, isso vai depender de cada etapa. Estamos organizando tudo para depois fazermos a comunicação com as companhias aéreas para a atração de voos comerciais”, explicou Fernandha. 

Em paralelo, a PE-576 vai ganhar reconstrução, via importante para escoamento da produção gesseira no Estado. Serão 18 quilômetros de requalificação, que vai começar na cidade de Trindade até Ipubi. “Estamos em fase avançada da licitação, selecionando a empresa que fará as obras. A expectativa é começar as obras ainda no primeiro semestre”, comentou a secretária.

(Fonte: Folha PE)

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: