Bahia pode ter medidas restritivas ainda mais severas se tiver 80% dos leitos de UTI ocupados, diz Rui Costa

O governador também falou que pode adotar outras medidas restritivas, como determinar o fechamento de comércio. (Foto: Reprodução)

O governador Rui Costa falou nesta sexta-feira (19) sobre o endurecimento de medidas preventivas da Covid-19, com base na ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais baianos. Ele também sinalizou a possibilidade de reabertura do hospital de campanha da Fonte Nova.

De acordo com Rui, nesta terça o percentual de leitos de UTI exclusivos para tratar o coronavírus é de 77%. Caso haja um aumento nesse índice, o toque de recolher do estado será ampliado.

“Hoje [sexta, 19] já subimos para 77% de ocupação de leitos e já com 16 mil casos ativos. Então continuamos crescendo os números, tanto de [ocupação de] leitos, quanto de casos ativos. É preciso que as pessoas colaborem, usem máscara, higienizem as mãos e mantenham distanciamento. Caso contrário, se os números continuarem crescendo, nós vamos ter que tomar outras medidas. Se chegar nos próximos dias a 80%, eu vou imediatamente ampliar o horário do toque de recolher”.

O governador também falou que pode adotar outras medidas restritivas, como determinar o fechamento de comércio.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: