Rio São Francisco: Frente promove audiências em Cabrobó e Floresta

0
52
(foto: Folha de Pernambuco)

As cidades pernambucanas, Cabrobó e Floresta, sediam nesta sexta-feira (17) audiências públicas promovidas pela Assembleia Legislativa de Pernambuco. Organizadas pela Frente Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco, os encontros têm como objetivo debater as possíveis consequências do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho-MG para o rio.

O primeiro encontro será em Cabrobó, a partir das 9h na Câmara de Vereadores. À tarde, às 14 horas, será a vez da Câmara de Vereadores de Floresta sediar os debates. As discussões serão presididas pelo coordenador e vice-coordenador do Colegiado, deputados Lucas Ramos (PSB) e Fabrízio Ferraz (PHS).

Segundo Lucas Ramos a intenção da Audiência é apresentar a dimensão da tragédia mineira e suas consequências. “Vamos apresentar o cenário de destruição que o rompimento da barragem provocou em Brumadinho, levando a óbito 240 pessoas além de outras 32 desaparecidas, matando também o Rio Paraopeba e que agora ameaça a qualidade da água do São Francisco. A audiência pública é o momento de mobilizar a sociedade, que precisa estar atenta ao assunto para construir soluções e conter as ações que minimizem o impacto ambiental, além de evitar que novos desastres aconteçam” explicou o parlamentar.

Ao comentar a importância dos debates o deputado Fabrizio Ferraz, destacou a necessidade de se ter um quadro real do impacto que incidente em Brumadinho pode ter sobre a Bacia do Velho Chico. “Precisamos ouvir a todos que, de alguma forma, dependem do Rio São Francisco, seja social ou economicamente, para que possamos, junto aos órgãos competentes, elaborar estratégias e buscar alternativas para impedir a chegada dessa pluma, uma vez que rio é essencial para a nossa região”, disse. O parlamentar defendeu ainda agilidade nas ações. “Já se passaram mais de 50 dias desde o desastre e agora precisamos correr contra o tempo. Todos os esforços serão necessários para impedirmos a contaminação do rio São Francisco” ressaltou.