Projeto “reciclagem de lixo eletrônico” da Facape restaura aparelhos para doação a estudantes sem recursos na pandemia


em meio a pandemia da Covid-19 o projeto “reciclagem de lixo eletrônico” desenvolvido pela Faculdade de Petrolina (Facape), cumpre com o seu objetivo de cunho social e ambiental de recuperação de eletrônicos para que sejam doados a instituições sociais ou famílias carentes. Antes da pandemia, o projeto restringia o recondicionamento apenas de equipamentos de informática, porém diante da necessidade de aulas remotas, abriu-se exceção para doações de smartphones e notebooks.

O mentor do projeto é o professor Vanderlei Gondim, que em parceria com monitores voluntários executam o processo de triagem, recuperação e doação dos equipamentos. Seguindo os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19, o número de alunos foi reduzido.  

Com isso, o índice de produção caiu de 20 computadores para 8 equipamentos por mês.Ao longo dos 11 anos de existência do projeto, já foram recuperados mais de uma tonelada de aparelhos que foram posteriormente doados a instituições como APAE Juazeiro, UNEB, entre outras. O destino das máquinas é que define o software instalado, para que a experiência do acesso seja simples e objetiva.

“Não existe uma configuração padrão para todos. Por exemplo, se vai para uma escola fundamental a gente coloca softwares educativos para ensino fundamental. Se for para idosos, a gente coloca direcionado para aquele público. A gente quer que o público use de forma transparente porque as pessoas não são técnicos”, destacou o professor Gondim.

Diante dos efeitos colaterais que o descarte inapropriado do e-lixo pode causar ao meio ambiente, foi que a equipe do projeto decidiu por não receber mais monitores CRT,  que tem em sua composição, metais pesados e tóxicos ao meio ambiente. Todo o processo de recondicionamento, a começar pela triagem,  é realizado por monitores preparados, que recebem da própria faculdade um minicurso,  com certificado,  antes de se tornarem voluntários.O laboratório de recondicionamento de lixo eletrônico funciona segunda, quarta e sexta-feira, das 14:00 às 17:00 horas. Para mais informações sobre dar ou receber doações, os interessados devem entrar em contato através do número (87) 3866-3236.

Aqueles que desejam doar algum tipo de equipamento, mas não tem como se deslocar, podem ligar e agendar o dia e o horário da busca também através deste número.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: