Fique por dentro do que funciona e o que não funciona com novo plano de convivência em abril para Pernambuco

(Foto: Reprodução/ CDL)

A partir do dia 1º de abril, Pernambuco entrará em um período de retomada das atividades, após quarentena que teve início no dia 18 de março e segue até a quarta-feira (31). O novo plano de convivência com a covid-19 foi anunciado pelo Governo Estadual durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25). As regras são válidas, inicialmente, até o dia 25 de abril. [Lembre aqui]

Confira

  • Atividades econômicas funcionarão das 10h às 20h nos dias de semana, e das 9h às 17h nos sábados, domingos e feriados; 
  • Atividades físicas individuais nas praias retomarão no dia 5 de abril;
  • Aulas na rede privada e no ensino médio da rede estadual também no dia 5 de abril, das 6h às 22h, com capacidade de 50%. A decisão é válida para o ensino superior, médio, fundamental I  e II e infantil;
  • Celebrações religiosas autorizadas das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos fins de semana e feriados;
  • Academias e similares poderão reabrir das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos fins de semana e feriados;
  • Serviços de alimentação, lanchonetes, bares e restaurantes autorizados das 5h às 20h durante a semana e 9h às 17h nos fins de semana e feriados, com capacidade de 50%. Delivery, drive thru e pontos de coleta permitidos após as 20h durante a semana e 17h nos finais de semana;
  • Comércio varejista no centro e bairros poderão reabrir das 10h às 20h durante a semana e 9h às 17h nos finais de semana. Os estabelecimentos devem cumprir a determinação de um cliente a cada cinco metros quadrados no interior das lojas;
  • Escritórios comerciais e prestação de serviços poderão funcionar das 10h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados, com capacidade máxima de 50% e distanciamento de 1,5 metro entre as estações de trabalho;
  • Shoppings centers e galerias comerciais – seguem o horário da semana e finais de semana já determinados para o período, e devem respeitar a capacidade de um cliente a cada dez metros em circulação, e um cliente a cada cinco metros quadrados no interior das lojas.

Segundo o governador, apesar da flexibilização das restrições, a pandemia ainda foi superada em Pernambuco. “Pelo contrário, temos um caminho longo pela frente até a superação total desse flagelo. Todos já sabemos quais são as atitudes que permitem conviver com a doença. Faça a sua parte, use máscara e oriente as pessoas que estejam relaxando nos cuidados básicos”, alertou.

(Com informações JC) 

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: