Família contesta protocolo adotado após morte de parente em Santa Maria da Boa Vista

Foto: Produção Nossa Voz

Em Santa Maria da Boa Vista-PE, uma família vive um drama após a morte de um paciente que deu entrada no hospital Municipal Monsenhor Ângelo Sampaio.
Durante o programa Nossa Voz da Rádio Boa Vista FM desta terça-feira (15), a viúva da vítima cobrava explicações sobre a morte do seu esposo. Segundo a denúncia da ouvinte, seu esposo teria dado entrada no hospital na manhã desta segunda-feira (14) após complicações relacionadas à diabetes e, na manhã desta terça-feira (15), faleceu.

A viúva, dona Valdenora Maria da Silva, informou que foi realizado o teste rápido em seu marido, onde constatou que o resultado deu negativo para a Covid-19, porém, mesmo assim não quiseram liberar o corpo para o enterro no Projeto Fulgêncio, local onde reside, “eles dizem que tá com suspeita de coronavírus, mas fizeram o teste e deu negativo, agora a vigilância e o médico não querem liberar, nem o médico falou com meus filhos que estão lá com o corpo” relatou indignada a ouvinte.

Nossa reportagem foi acionada até o hospital local para tentar obter informações sobre o episódio. Ao chegarmos do lado de fora da unidade hospitalar , os dois filhos estavam aguardando informações e a liberação do corpo para sepultamento no Projeto Fulgêncio. O atestado de óbito é assinado pela médica Adriana Martins Rocha, que nos respondeu que não tem que repassar informações para a imprensa e sim para a família. No entanto, a família cobrava justamente mais informações por conta das dúvidas da causa da morte.

Adriana Martins Rocha coloca como causa da morte, Síndrome Respiratória Aguda Grave- SRAG, encefalopatia hepática, além de diabetes mellitus.A família não aceita a decisão e a forma do sepultamento.

Procuramos também a direção do hospital que nos informou que por conta das dúvidas quanto ao real motivo da morte do paciente, não pode liberar para velório normal, informando ainda que foi realizado o teste swab e enviado para o Laboratório Central de Pernambuco. A diretora do hospital pontuou ainda que é preciso aguardar o resultado e que uma investigação será realizada junto a equipe.

O corpo do paciente será enterrado no cemitério de Santa Maria da Boa Vista, na área de vítimas da Covid-19.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: