Em celebração ao dia mundial do trabalho, Sindsemp discute direitos e garantias do trabalhador

(Foto: Divulgação)



O sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp) realizou nesta sexta-feira (30), uma live em celebração ao dia do trabalho, comemorado no dia 1º de maio. O momento trouxe pautas importantes sobre os trabalhadores, que envolvem a reforma administrativa e a vacinação dos servidores públicos municipais contra a covid-19.

Historicamente a frente dos trabalhadores, através de sindicatos e associações estão travando uma luta e vivenciando, nos últimos anos, situações que colocam em risco as conquistas garantidas legalmente pela Constituição Federal, a exemplo da lei complementar 173, que congela a remuneração dos servidores públicos a nível nacional, trazendo um retrocesso para a classe.

Com muito a se discutir e debater sobre direitos e garantias dos trabalhadores, o presidente do Sindsemp, Walber Lins, mediou um bate papo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT), Paulo Rocha, o Paulinho da Cut. A live traz um panorama de como está o comportamento atual de mobilização nacional dos trabalhadores, em especial o servidor público municipal.

Walber Lins iniciou a conversa alertando sobre itens que estão contribuindo para o retrocesso dos direitos trabalhistas, como a PEC da reforma administrativa, que em seu texto de lei quebra o princípio constitucional da irredutibilidade salarial, “O texto traz uma flexibilização da diminuição da jornada de trabalho, mas com redução em até 25% do salário do servidor público, e isso é um retrocesso. Nós servidores esperamos um reconhecimento e valorização da nossa classe”, pontua Walber.

Paulo Rocha definiu o retrocesso sofrido nos últimos anos, como algo além do trabalho e sim na sociedade, afirmando que os direitos e garantias vem sendo deixados de lado, “Nós estamos vivendo um profundo ataque à Constituição Federal de 1988. A constituição chamada de “Constituição cidadã”, apontava que a gente construiu no país, um estado de bem estar social, ou seja, de direitos sociais e direitos trabalhistas para mudar o patamar do Brasil. Então depois dessa constituição, passamos a ter educação pública e gratuita obrigatória, assim como saúde e outros direitos, mas tudo que vem sendo realizado atualmente, nos últimos anos, está ocorrendo para desmanchar a constituição”, explica.

A live tratou também de assuntos como vacinação para os trabalhadores, principalmente os profissionais da saúde, onde Walber destacou a importância de valorizar a categoria, que está exausta nesse momento de pandemia, “os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente da covid-19 estão suportando o insuportável. Nós tivemos perdas de companheiros nossos que deram sua vida em detrimento da vida próximo e pela vida do coletivo, e essas vidas muitas vezes nem são valorizadas, em detrimento do que chamam de política pública”, destaca Walber.

A live está disponível no nosso canal do YouTube: Sindsemp Petrolina, onde você pode conferir tudo o que foi discutido e ficar por dentro das principais pautas, que envolvem o servidor público municipal.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: