Eleições UPE: candidato da Chapa 1 critica a falta de investimentos do Governo do Estado no Campus Petrolina

Foto: Victória Resende/ Nossa Voz

A Universidade de Pernambuco, Campus Petrolina, fará eleições para a escolha da Direção. O pleito ocorrerá entre os dias 03 a 05 de março, no formato eletrônico. A eleição, que deveria ocorrer no segundo semestre de 2020, foi adiada para esse primeiro semestre de 2021, em função da pandemia. Estão participando do pleito três chapas. Uma delas é formada pelo ex-gestor Professor Moisés Almeida, que dirigiu o Campus entre os anos de 2012 a 2016. Almeida foi o entrevistado do Programa Nossa Voz de hoje e falou sobre as perspectivas para sua gestão na UPE, caso seja eleito, além de fazer duras críticas à falta de investimentos do Governo de Pernambuco à instituição.

 “Pretendemos gestar coletivamente um projeto de autonomia do Campus, transformando-o numa Universidade Estadual do Sertão: “Temos as expertises humanas, de estrutura física, de unidades espalhadas no interior do Estado, e, até cursos de mestrado e doutorado. Estamos preparados para sermos Universidade autônoma e vamos conversar com os representantes políticos de todos os partidos, para que juntos consigamos o sonho de ter uma Universidade do Sertão”, comentou o candidato.

“Além disso, iremos buscar o cuidado com os funcionários públicos, sempre massacrados pelo Governo do Estado. Os avanços são quase nulos, nunca mais houve concurso. O governador envia verba somente para manter a Universidade funcionando, mas não há nenhuma melhoria, nenhuma valorização do servidor. Temos apenas 34 funcionários efetivos para atender mais de 3.000 pessoas. As condições de salários são vergonhosas, não há plano de cargos e carreiras decentes. Mesmo com um concurso público vigente, não chama ninguém, a não ser quando alguém se aposenta ou falece. Infelizmente, a política do Governo do Estado não é séria quando se fala de funcionários”, destacou.

A chapa do professor Moisés tem como vice a professora Marismar Fernandes do colegiado de Enfermagem e seu lema é: Avançar com autonomia, integração e parceria. As outras chapas são: “União e Força, uma UPE para Todos”, encabeçada pelo professor Reinaldo Forte Carvalho e candidata à vice a professora Iracema Pires de Melo Montenegro; e “Respeito, Compromisso e Trabalho”, com o professor Tarcísio Fulgêncio Alves da Silva com candidato a diretor e a professora Maria Aline Rodrigues de Moura, vice.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: