Creches municipais aguardam ligação de energia para retomar aulas presenciais em Petrolina

0
2081
Foto: Divulgação/ Arquivo

Com o retorno das aulas presenciais em Petrolina há cerca de um mês, pais de alunos ficam ansiosos para que seus filhos voltem, finalmente, depois de um ano e meio, à sala de aula e ao espaço da escola, tão importante para o desenvolvimento das crianças. Entretanto, algumas crianças ainda não puderam retomar as atividades escolares porque algumas unidades aguardam a ligação de energia. A dificuldade foi narrada pela senhora Elza Freire ao programa Nossa Voz desta quinta-feira (7).

“Meu filho está matriculado na creche da Vila Marcela, que foi construída e inaugurada há cerca de um ano e meio, porém, mesmo com as outras escolas já tendo voltado às aulas presenciais, as crianças da creche deste bairro ainda não, pois a unidade está sem energia. Elas sofrem um prejuízo imensurável sem as aulas, antes por conta da pandemia e agora por conta da falta da ligação de energia”, explana.

Elza disse que foi informada pela Celpe que a prefeitura só fez o pedido de ligação de energia pouco antes das atividades serem iniciadas. “A Companhia afirmou que o prazo para fazer uma nova ligação é de 120 dias, ou seja,os alunos ficarão até o final do ano sem aula se for neste ritmo. Gostaríamos de pedir uma intervenção do poder público”, clama.

Em nota, o secretário de educação e esportesde Petrolina, Plínio Amorim, alegou que a prefeitura fez a solicitação à Celpe em tempo hábil e que aguarda o bom senso da Companhia para fazer as ligações. “Tanto a unidade da Vila Marcela, como o CMEI do Antônio Cassimiro, Padre Cícero e Vila Eulália estão 100% prontos, aguardando apenas a ligação da energia. Temos todos os protocoles, porém, eles dizem que o prazo vai de 120 a 150 dias. Até mesmo o prefeito Miguel Coelho já entrou em contato com Recife, no intuito de abreviar este prazo e aguardamos a sensibilidade agora da Celpe para que logo possamos iniciar as aulas”, afirma.