COVID-19: Boletim desta terça (20) registra 191 novos casos e mais 06 novos mortes

(Foto: Reprodução)

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Secretaria de Saúde de Petrolina, informa que a taxa de ocupação leitos de UTI desta terça-feira (20), está em 87,6%. Dos 81 leitos, 71 estão ocupados. 57 pacientes são de Petrolina e 14 de outras cidades da região.

O boletim também traz informações sobre os novos casos confirmados. Foram 191 novos registros da Covid-19. Agora, 22.835 pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus. O total de pacientes recuperados é de 19.947, isso representa 87,3% do total.

Dos novos infectados, 168 foram confirmados por exames realizados pela prefeitura, os outros 23 foram através de exames laboratoriais. São 85 pessoas do sexo masculino, com idades entre sete meses e 85 anos, e 106 pessoas do sexo feminino, entre três  e 84 anos.

Petrolina registrou seis novas mortes. Tratam-se de três homens e três mulheres, com idades de 92, 86, 53, 65, 63 e 50 anos, respectivamente. Os pacientes estavam internados em hospitais públicos e privados da região, destes, três apresentavam histórico de comorbidades.   Os óbitos foram registrados entre os dias 15 e 19 de abril, no entanto, a secretaria só recebeu os registros de óbitos nesta terça-feira (20). Agora, a cidade passa a ter 334 mortes em decorrência da Covid-19.

Outras informações

A Secretaria de Saúde também divulgou informações complementares sobre a pandemia em Petrolina.

– Casos investigados: 1.413 pessoas sendo monitoradas, há possibilidade de estarem infectadas.

– Casos por raça/cor: Dos novos infectados 26 são pretos, um indígena, 120 pardos, quatro amarelos,  37 brancos e três não declararam raça.

– Casos descartados: Até agora, 87.871 casos já foram descartados. As pessoas que foram testadas tiveram resultados negativos.

– Casos ativos: O município tem 2.554 casos ativos do novo coronavírus.

Todas as informações sobre a pandemia na cidade estão disponíveis no site: petrolina.pe.gov.br/coronavirus.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: