Calendário do Funcultura terá prazo de inscrição para outros dois editais: Funcultura Geral e da Música

Junto aos do Audiovisual e Microprojeto Cultural, que já estão com inscrições abertas, editais totalizam cerca de R$ 37 milhões em investimentos na cultura pernambucana. (Foto: Reprodução)

Além dos editais do Funcultura que já estão com inscrições abertas (Funcultura Audiovisual e Microprojeto Cultura), os produtores culturais devem ficar atentos a outros dois prazos de inscrições: o Funcultura Geral, de 19 a 30 de abril deste ano; e o Funcultura Música, de 3 a 15 de maio deste ano.  Em todos os casos, as inscrições devem ser realizadas por meio da Plataforma on-line Prosas (www.cultura.pe.gov.br/editais-prosas), que facilita a seleção e o monitoramento de projetos culturais, além de universalizar o acesso ao fomento artístico por meio da internet. Os cinco editais garantem cerca de R$ 37 milhões em investimentos para a produção cultural independente de Pernambuco.

No Funcultura Geral (2020-2021), serão disponibilizados R$ 15,68 milhões para incentivar projetos das seguintes linguagens culturais: Artes Integradas, Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres, Artesanato, Circo, Cultura Popular e Tradicional, Dança, Design e Moda, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Ópera, Patrimônio, Teatro, Formação e Capacitação e Pesquisa Cultural. Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

            Com R$ 4,16 milhões para diversas categorias do segmento, o Funcultura da Música (2020-2021) também foi divulgado – disponibilizando o montante de: Circulação (R$ 920 mil), festivais (R$ 750 mil), Gravação (R$ 650 mil), Produtos e Conteúdos (R$ 335 mil), Economia da Cultura (R$ 150 mil) e Manutenção de Bandas de Música (Filarmônicas), Escolas de Bandas de Música e Corais (R$ 250 mil). Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

AUDIOVISUAL – No biênio 2020-2021, serão investidos R$ 14,28 milhões na produção audiovisual de Pernambuco – sendo R$ 9,28 milhões em recursos exclusivos do Governo do Estado e R$ 5 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Com estes recursos, o 14º Edital do Funcultura Audiovisual (2020/2021) destinará R$ 8 milhões para os projetos aprovados nas categorias de longa-metragem (produção e finalização) e produtos para televisão (obra seriada documental, obra seriada ficção, obra seriada animação, telefilme documental e telefilme ficção ou animação). Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

O segundo edital, o 15º Edital do Funcultura Audiovisual (2020-2021), destinará o valor de R$ 6,28 milhões, para categorias não contempladas no primeiro certame: curta-metragem, games, difusão, formação, desenvolvimento do cineclubismo, “revelando os pernambucos”, pesquisa e preservação, desenvolvimento de longa-metragem, desenvolvimento de produtos para TV, obra seriada de curta duração, finalização e distribuição de longa-metragem e websérie/webcanal. Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

MICROPROJETO CULTURAL – Com R$ 640 mil em investimentos, sendo R$ 15 mil o teto para cada projeto, o Microprojeto Cultural abrange iniciativas que se enquadrem em qualquer segmento cultural e irá contemplar projetos em todas as macrorregiões do Estado. O prazo de inscrições começou nesta segunda-feira (5) e encerra no próximo dia 16 de abril. Clique AQUI para conferir o edital e seus anexos.

Serão contempladas cerca de 40 propostas de indivíduos, grupos e coletivos, formados por jovens (18 a 29 anos) de baixa renda, principalmente, de regiões ou cidades pernambucanas com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); ou iniciativas de pessoas jurídicas sem fins lucrativos para a população jovem em situação de vulnerabilidade. A previsão para a divulgação do resultado final é o dia 30 de setembro deste ano.

POLÍTICA DE INCENTIVO – Principal e mais democrática política de fomento à cultura em nosso Estado, o Funcultura reúne mais de nove mil produtores culturais cadastrados, que na última década concorreram a cerca de R$ 330 milhões em fomento de projetos culturais no Estado. Nesse mesmo período, foram cerca de quatro mil projetos aprovados em todas as regiões do Estado, muitos com alcance nacional e internacional.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: