Bancários do Banco do Brasil de Juazeiro e Região cruzaram os braços nesta quarta-feira (10)

(Foto: Ivan Cruz)

Os bancários de Juazeiro e Região protestaram hoje (10), contra o plano de “reestruturação” anunciado pelo governo Bolsonaro no mês passado. Na oportunidade, participaram do movimento representantes do Sindicato dos Bancários de Juazeiro, funcionários do Banco do Brasil e o Deputado Estadual Zó. Estão fechadas durante 24h as agências de Casa Nova (BA) e Juazeiro, no Shopping Águas Center. A Agência do Centro da cidade-69, retardou sua abertura para às 11h.

A reestruturação prevê a demissão voluntária de 5 mil funcionários e o fechamento de 112 agências, 242 postos de atendimento e sete escritórios. Além disso, os bancários reclamam do descomissionamento de caixas e outras funções. Também questionam a desgratificação para funcionários com mais de 10 anos de vínculo e a remoção compulsória.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Juazeiro e Região, Maribaldes da Purificação, frisou que é o momento de ir à luta e garantir os direitos da categoria. “Os funcionários pedem que o banco seja transparente e abra negociações com relação ao plano que prevê a demissão, em plena pandemia, de cinco mil funcionários. E voltamos a enfatizar que essa luta é do interesse da sociedade como um todo, pois com menos funcionários e menos agência, o atendimento que já é precário vai ficar muito pior. Agradecemos a presença do Deputado Zó que sempre apoio o direito do trabalhador”, disse.

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: