Aumento na conta de luz é de quase 9%; Celpe dá dicas de como economizar energia doméstica

(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira (27), a revisão tarifária periódica da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). Em média, o consumidor precisará desembolsar mais 8,99% pela energia no estado a partir desta quinta-feira (29). [Veja a matéria completa]

Para consumidores residenciais, que representam 99% dos 3,8 milhões de unidades consumidoras  de Pernambuco, o aumento será de 7,46%. Enquanto os clientes de baixa renda atendidos pela companhia sofrerão com o reajuste de 5,94%. A maior revisão tarifária será sofrida pela indústria, 11,89%.

O desperdício dentro de casa pode ser um dos maiores vilões para o aumento no valor da fatura de energia elétrica residencial. O uso indiscriminado e sem o cuidado necessário pode contribuir diretamente para o crescimento do consumo das famílias. Diante disso, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) ressalta que é possível mudar esta realidade, reduzir o valor da conta e contribuir com a preservação do meio ambiente, diminuindo os impactos ambientais a partir de práticas de eficiência energética. A distribuidora reforça uma série de dicas que divulga permanentemente e que podem ajudar os consumidores a mudarem alguns hábitos e atitudes do dia a dia, para evitar o  desperdício. Confira:

Adquira aparelhos elétricos eficientes (e use com eficiência)

Eletrodomésticos mais antigos costumam ser menos eficientes. Se puder, substitua-os por aparelhos mais novos e com selo PROCEL de eficiência energética. Isso irá ajudar muito na economia de energia e na redução das contas. Pesquise os modelos e potências para saber quais são mais eficientes. Na hora de usar, estude o manual para maximizar o uso e minimizar o gasto de energia.

Desligue o computador se não for utilizá-lo dentro de uma hora

Algumas pessoas acham que deixar o computador ligado 24 horas consome menos energia do que ligá-lo e desligá-lo a cada uso, mas não funciona assim. O monitor pode ser desligado sempre que o usuário se ausentar do ambiente. Se as pausas entre os usos forem longas, de mais de uma hora, por exemplo, o ideal é desligar tudo. Se puder, opte por laptops, que costumam ser mais econômicos. 

Fique de olho no carregador de celular

Não deixe o carregador de celular na tomada ou depois que o aparelho estiver completamente carregado. Além de evitar acidentes domésticos, conectado consome energia elétrica.

Aproveite a luz natural

Além de ser confortável para os olhos, aproveitar a luz natural do dia ajuda a reduzir o desperdício de energia. Evite acender luzes em ambientes já naturalmente iluminados, dê preferência por lugares com janelas amplas e paredes claras.

Evite usar a função stand-by dos aparelho

Nunca deixe os aparelhos ligados na tomada em “stand-by”, o famoso “modo espera” que permite ligar o equipamento diretamente. Não há necessidade de continuar consumindo energia se você não os está utilizando. Prefira tirar o eletrodoméstico da tomada quando não estiver em uso, mesmo que você não ache prático. Neste caso, a comodidade não compensa o desperdício.

Escolha lâmpadas LED

Mesmo que as lâmpadas LED sejam mais caras, a economia de longo prazo compensa os custos iniciais porque elas duram mais e consomem até 80% menos que as lâmpadas convencionais. Dê preferência sempre às lâmpadas de LED. Retire as lâmpadas fluorescentes compactas queimadas do bocal. O reator acoplado pode consumir energia, caso o interruptor esteja ligado. 

Utilize a função “timer” das TVs

Evite dormir com televisores ligados. É um consumo de energia desnecessário. Se você já sabe que costuma pegar no sono assistindo à televisão, utilize a função “timer” ou “sleep”, presente na maioria dos modelos e programe o aparelho para que ele desligue sozinho.

Mantenha temperatura agradável do ar condicionado

Para economizar energia, não é preciso sofrer e desligar o ar condicionado no calor. Deixar o aparelho em uma temperatura estável refresca e ajuda a reduzir o valor das contas. Uma dica é regular o termostato para uma temperatura confortável, entre 23 e 25 graus.

Chuveiro elétrico

Limite seu tempo debaixo da água quente ao mínimo indispensável e nunca tente aproveitar uma resistência queimada, isso aumenta o consumo. Nos dias quentes, mantenha a chave de temperatura na posição “verão” (na posição “inverno”, o consumo é aproximadamente 30% maior).

Geladeira

A geladeira é responsável por cerca de 30% do consumo total de uma residência. Para diminuir o consumo, coloque o equipamento em local ventilado, afastada de paredes, fora do alcance dos raios solares e distante de fogões e estufas. Não use a parte traseira para secar panos ou roupas. Não deixe a porta aberta, nem fique abrindo desnecessariamente. Não coloque alimentos quentes na geladeira e verifique se as borrachas de vedação da porta estão em bom estado.

Máquina de lavar

Procure lavar de uma só vez a quantidade de roupa indicada pelo fabricante. Utilize a dosagem correta de sabão para que você não tenha de repetir a operação enxaguar e leia com atenção o manual do fabricante para tirar maior proveito do equipamento.

A adoção de hábitos de eficiência energética apresenta dois principais benefícios: o econômico e o ambiental. Quando se trata de sustentabilidade, os números dão um bom panorama: cada 50 kWh de energia economizado, equivale a 8 kg de carbono que deixam de ser emitidos na atmosfera, de acordo com o cálculo realizado pela instituição Iniciativa Verde. Com a diminuição da emissão de gases poluentes e causadores do efeito estufa, como o CO2, reduz-se os efeitos da mudança climática que causam impactos desastrosos na vida no planeta.  

A Celpe contribui ativamente nesse cenário ao seguir atitudes voltadas ao desenvolvimento sustentável. Entre elas, está o programa de Eficiência Energética, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que prevê, entre outras coisas, iniciativas que realizam a troca gratuita de lâmpadas convencionais pelas de LED em residências e instituições públicas, a instalação de painéis solares e a formação de crianças e adolescentes sobre o uso consciente da energia.  

SOBRE A CELPE

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,6 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).

Compartilhe:

Ouça nosso podcast: